Procedimentos

Registo

As organizações que queiram aderir ao Sistema Comunitário de Ecogestão e Auditoria (EMAS), devem proceder ao pedido de registo junto da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), na qualidade de Organismo Competente.

Previamente ao pedido de registo no EMAS, as organizações devem ter implementado um sistema de gestão ambiental, de acordo com o Regulamento (CE) n.º 1221/2009, de 25 de novembro, alterado pelo Regulamento (UE) 2017/1505, de 28 de agosto, e estarem na posse de uma declaração ambiental validada por um verificador ambiental acreditado para o(s) setor(es) de atividade das organizações (Ver informação sobre os verificadores ambientais acreditados na página do Instituto Português de Acreditação, I.P. – IPAC).

O processo de registo no EMAS encontra-se devidamente definido no documento “Procedimento de registo das organizações no Sistema Comunitário de Ecogestão e Auditoria (EMAS)” - SQ.E.O.01.

O pedido de registo no EMAS deverá ser instruído com a ficha “Pedido de Registo no EMAS” – SQ.E.O.02.”, acompanhado de:

  • Minuta de requerimento;
  • Cópia da Declaração Ambiental validada por um verificador ambiental acreditado para o efeito (suporte papel ou digital);
  • Outros documentos solicitados na referida ficha.

A ficha “Pedido de Registo no EMAS” deverá ser enviada por correio postal ou entregue em mão. Os documentos nela solicitados, podem ser enviados por correio eletrónico para emas@apambiente.pt (tamanho máximo de 10MB).

Após a apresentação do pedido de registo, a APA, procede à liquidação da taxa a cobrar no prazo de 5 dias úteis. Após notificação, a organização deverá efetuar o seu pagamento no prazo de 15 dias úteis.

Para mais informação sobre o montante da taxa a liquidar, consulte aqui.